sábado, 10 de dezembro de 2016

Na cala da noite

Na calada da noite sinto um vento frio
Tento me cobrir e não consigo
Procuro teus braços para me aquecer
Esquadrinho nossa cama, hoje fria, inerte
À procura de algo de você

Olho o teto do nosso quarto
Antes belo e acolhedor
Hoje gélido qual a morte
Esperando, de alguma sorte
Que voltes ao nosso ninho de amor

Pensamento dá voltas e voltas
Lembrando daquele que outrora
Mesmo com todos defeitos
Estava a meu lado

Lembranças de um passado
Nem tão distante que não lembre
Nem tão próximo que ainda esteja
Mas que foi bom enquanto durou


Tutóia 10/12/16 01:20

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Cansaço

Cansaço

Não quero mais platonicismo
Não me apetecem meias verdades
Não me agradam joguinhos
Preciso de algo real
Preciso de algo palpável
Preciso de algo que me faça
Levantar cada manhã e ver
O quão belo é amar
O quão gostoso é ser amado
Necessito de calor humano
Sem interferências digitas
Sem desculpas esfarrapadas
Com a mais pura sinceridade

Tutóia, 02/11/2016 - 22:00

domingo, 17 de abril de 2016

Quando estiver só

Quando estiveres só
Pense em mim
Lembre de nós naquela sala vazia
A apreensão de alguém chegar
O suspense de alguém nos ver

Lembre de nossas brincadeiras
Minha mão na sua perna
Sua mão na minha mão
Nossas bocas se encontrando
Entre uma palavra e outra

Nossos braços se abraçando
Por vezes solto
Por vezes apertado
Entre beijos e caricias

E a vontade que fica
De quero mais
De quero tudo

De quero já

Estiva 16/04/2016

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Alguém que eu desejo

Por vezes, na calada da noite acordo
Pensamento vagueia pelas ruas
Vejo casas, ouço sons
Pensamento à tua procura

Na esperança de te ver
Te encontrar e te abraçar
Sentir teus dedos me tocarem
Teus lábios me beijarem

Entro em êxtase neste sonho acordado
Me perco neste pensamento
Passeando pelos teus cabelos negros
Que não se encontram em meus dedos

Sinto os teus beijos mesmo sabendo que não estão lá

E me pergunto: será que algum dia irei sentir?

26/02/2016 - 21:51

quinta-feira, 14 de março de 2013

Espera Finda


Os dias passam
Teu cheiro impregnado em mim persiste
Tua lembrança me conforta quando distante
Sinto tua presença em mim constante

Chegaste de mansinho
Como quem não quer nada
Acariciando minh'alma
Acalentando meus sonhos

Foste pouco a pouco invadindo meu ser
Me ensinando a te querer
Me mostrando novas coisas

Abriste novamente meu sorriso
E junto com ele algo que a tempos se encontrava fechado
Conseguiste tirar traumas antigos
E por isso cada dia que passa te gosto mais e mais

14/03/2012  01:30

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Anjo?


Achei que havia encontrado um Anjo
Qual não foi minha surpresa
Ao ver seu alo quebrando
E suas asas caindo

Porém triste não estou
A verdade se fez presente
Me alegrando com sua luz

Este ser que parecia um anjo
Só me trouxe coisas boas
Pois até nos momentos de tristeza
Trouxe-me lições que levarei comigo

Ninguém passa na nossa vida por acaso
Tudo neste mundo tem um porque
Cabe a mim aproveitar cada lição

05/02/13

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Romance


Querer, primeiro estágio das coisas boas
São mares de rosa,
Aprendizado do outro
Beijos, carinhos promessas

Gostar, vem as flores
As ligações, mensagens
A saudade too hora
Por mais que se esteja junto todo dia

Amar, teoricamente já se tenha passado pelos espinhos
Amadurecimento da ideia inicial
Depois que passa o conhecimento
Promessas se quebram

04/02/2012